Passei a tarde nu em público e não tinha nada de estranho nisso

O engraçado é que, após cerca de 10 segundos, a vergonha de estar nu desapareceu completamente

“Olá, tenho uma entrevista às 3.”
“Tudo certo.”
“Suponho que devo ficar pelado?”
“Isso seria apreciado.”

A jovem com quem eu estava conversando se chamava Nikki, gerente do Bare Oaks Family Naturist Park.

Tirei a roupa e saí do banheiro nu, exceto pela mochila, que costumava carregar meus cadernos e equipamento de gravação. Claro, isso foi um pouco estranho no início – ela me dando uma visão frontal completa atrás do balcão, homens de meia-idade com tudo a mostra, jovens andando por aí ensopados e eu, apenas ali parado, com  pênis b

0

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *